Skip to content Skip to main navigation Skip to footer

Covid-19: Restrições aliviam “mais um pouco” a partir de 1 de maio

Saiba o que muda a partir de sábado com a última fase de desconfinamento e com a passagem de Portugal para estado de calamidade

O primeiro ministro português, António Costa, anunciou, esta quinta feira (29), a entrada da generalidade do país na quarta e última fase de desconfinamento (em vez da segunda feira seguinte, 3 de maio, como estava planeado). Portugal passa à situação de calamidade no dia 1 de maio, sábado.

O que reabre:

  • Restaurantes, cafés e pastelarias (máx. 6 pessoas ou 10 em esplanadas, por grupo), até às 22h30.
  • Casamentos e batizados com 50% de lotação
  • Espetáculos culturais, até às 22h30
  • Todas as lojas e centros comerciais até às 21h00 durante a semana e 19h00 aos fins-de-semana e feriados
  • Abertura das fronteiras terrestres.

Estas mudanças não vão entrar em vigor todo o país. Há oito concelhos que não transmitam para esta quarta fase de desconfinamento, devido ao elevado número de casos que registam. A saber: Odemira (freguesias de São Teotónio e Longueira/Almograve), Aljezur, Resende, Carregal do Sal, Portimão, Paredes, Miranda do Douro e Valongo.

Relativamente à abertura das fronteiras com Espanha, de recordar que as mesmas estão fechadas desde 31 de janeiro. Durante este período era apenas permitida a circulação entre os dois países nos 18 pontos de passagem autorizados, limitada ao transporte internacional de mercadorias, de trabalhadores transfronteiriços e de caráter sazonal devidamente documentados, e de veículos de emergência e socorro e serviço de urgência.

Partilhar com...
Share on Facebook
Facebook
Email this to someone
email
Print this page
Print

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *