Skip to content Skip to main navigation Skip to footer

Município vence luta pela permanência dos CTT

Correios garantem que as nove estações objeto de providência cautelar já não encerram e os 33 concelhos que ficaram sem serviço postal vão voltar a ter loja própria

Lojas como Aguiar da Beira e Oliveira de Frades, que em outubro passado tinha sido anunciado pelos CTT o seu encerramento, impedido apenas por uma providência cautelar interposta pela Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões no Tribunal Administrativo e Fiscal de Viseu, vão manter as portas abertas, assim como as outras sete objeto de providência cautelar.

A garantia foi dada recentemente pelo novo presidente executivo dos CTT, João Bento, numa audição na Assembleia da República, em que anunciou também a reabertura das 33 lojas próprias nos concelhos que tinham ficado sem qualquer estação CTT.

O presidente da Câmara Municipal de Aguiar da Beira, Joaquim Bonifácio, mostra-se contente com o anúncio agora feito por fonte oficial dos CTT, referindo que “daqui resulta inequivocamente um importante ‘ganho de causa’, premiando os municípios da CIMVDL e o Conselho Intermunicipal pela oportuna e sábia decisão de agirem em solidariedade dos municípios ameaçados”. O autarca conclui que “foi alcançada a justiça que sempre reclamámos e exigimos”.

A nova tomada de posição da administração dos CTT, que vem ao encontro das reivindicações do município aguiarense, determinando que “não haverá encerramento de estações CTT em qualquer concelho”, fez ainda com que a Autarquia de Aguiar da Beira tivesse colocado termo ao processo judicial contra a operadora do serviço postal nacional, confirmou o presidente Joaquim Bonifácio.

Partilhar com...
Share on Facebook
Facebook
Email this to someone
email
Print this page
Print

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *