Skip to content Skip to main navigation Skip to footer

Natal e fim de ano vividos com muita dinâmica e alegria

Concelho de Aguiar da Beira viveu quadra natalícia calorosa e muito sociável, com diversos convívios comunitários, música, diversões para crianças e tradições. Quintas e restaurantes foram locais preferidos para “reveillon”

Aguiar Natal encanta crianças

Cerca de 200 crianças, dos 3 aos 12 anos, do concelho deixaram-se contagiar pela magia natalícia que invadiu, a 19 de dezembro último, o Centro Cultural e a Biblioteca Municipal de Aguiar da Beira.

Meninos e meninas divertiram-se nos ateliês de fabrico de biscoitos e bolachas, música e leitura e, claro, não faltou a foto com o Pai Natal.

A iniciativa, gratuita, foi promovida pelo Município de Aguiar da Beira, em colaboração com a CPCJ, a Associação de Pais e Encarregados de Educação, a Associação Juvenil A Jornada dos Heróis, a União de Freguesias de Aguiar da Beira e Coruche, as Juntas de Freguesia de Carapito, Dornelas e Pena Verde.

 

Mais de 250 figuras de presépios de Natal na biblioteca

Durante o mês de dezembro passado e até ao dia 6 de janeiro deste ano foi possível apreciar a coleção particular de presépios de Natal. Ao todo foram mais de 250 peças que estiveram expostas na Biblioteca Municipal de Aguiar da Beira.

A exposição continha as diversas figuras natalícias, produzidas nos mais variados materiais, da colecionadora Lúcia Morgado, natural do Concelho de Sátão.

 

Mercados de Natal em Sequeiros e Ponte do Abade

Ao fim de quase 40 anos a tradição voltou a repetir-se em Ponte do Abade com a realização da Feira de Natal, a 22 de dezembro último. Apesar do tempo chuvoso não convidar, o evento ainda recebeu uma dezena de feirantes e expositores, tendo a população local e alguns visitantes aproveitado para fazer as compras de Natal de última hora.

Na mesma freguesia, neste caso na sede, em Sequeiros, também se realizou um Mercado de Natal. No dia 29 do mesmo mês, porque a 15 (data inicial) estava a chover, o Largo da Igreja recebeu, pela primeira vez, a iniciativa promovida pela Associação para o Progresso de Sequeiros.

O mercado recebeu, durante todo o dia, a visita de dezenas de pessoas que aproveitaram para comprar produtos gastronómicos, agrícolas e de artesanato e confraternizarem no bar da associação.

A ação teve o objetivo de dinamizar a aldeia, divulgar os produtos locais e promover o convívio entre os habitantes e visitantes nesta época de afetos.

 

Cepo “aquece” localidades

A tradicional fogueira de Natal (ou madeiro), que em algumas localidades costuma estar acesa até ao dia de Reis, é uma das atividades mais apreciadas na quadra natalícia e que possibilita maior convívio e diversão entre a população das várias aldeias e freguesias do concelho. Desde a preparação do cepo até ao convívio em volta da fogueira.

É comum na noite de consoada a aldeia reunir-se em volta do cepo em chamas a confraternizar e, também, grupos de amigos percorrem os cepos, de terra em terra, que iluminam e aquecem as populações.

Esta tradição de Natal continua bem viva na maioria das localidades, perdurando como um dos rituais natalícios mais enraizados no município e no território do interior beirão.

 

Aguiar e Souto recebem concertos de orquestra

No anterior 12 de dezembro, o auditório do Centro Cultural de Aguiar da Beira esteve repleto de público para assistir ao concerto de Natal da orquestra do curso básico de música e do coro de alunos do 1º e 2º ciclo do Agrupamento de Escolas Padre José Augusto da Fonseca, orientados pelos professores do Conservatório Regional de Música de Ferreirim.

Esta foi a primeira atuação em orquestra dos estudantes que frequentam o ensino especializado da música no agrupamento aguiarense, resultante do projeto de inclusão social e promoção do sucesso escolar Comunicarte 3D, promovido pelo Município de Aguiar da Beira, em parceria com o agrupamento escolar.

Também a aldeia do Souto foi brindada com um concerto de orquestra, mas este realizado pela Escola de Música da ADRC de Aguiar da Beira. A igreja matriz encheu-se, na noite de 26 de dezembro, para assistir ao já tradicional espetáculo musical de Natal da orquestra sinfónica e coro, com os alunos das várias escolas em que a associação aguiarense dá formação musical – Aguiar da Beira, Trancoso, Mêda, Foz Côa e Moimenta da Beira.

 

Natal solidário em Forninhos

Forninhos voltou a unir-se por uma causa neste Natal. O Centro Social e Paroquial de Forninhos promoveu, no dia 28 de dezembro, um evento solidário, com missa solene, mercado de Natal, fado ao vivo, e lanche convívio, em que as receitas angariadas reverteram a favor da construção do lar.

O Centro Social e Paroquial de Forninhos dispõe das valências de apoio domiciliário e centro dia e prepara-se para abrir uma estrutura residencial para idosos.

 

Festas em restaurantes programa de fim de ano preferido

O fim de ano em Aguiar da Beira não é marcado por um grande concerto musical ou um grandioso espetáculo de pirotecnia de entrada no novo ano, como acontece na maioria das grandes cidades e em muitas vilas. Mas, no concelho, também não falta diversão nem propostas para terminar o ano e entrar no novo com alegria.

Os vários restaurantes e quintas de eventos aguiarenses gozam de boa fama e foram a opção escolhida por cerca de um milhar de pessoas deste e de outros municípios para passar a noite de “réveillon”. O restaurante e hotel rural Quinta de Santo Estêvão, o restaurante Santo Estêvão, a Quinta dos Vilhenas e o evento da J&M Eventos na Quinta do Lago, estiveram esgotados.

O programa das festas incluía cocktail de boas vindas, buffet de entradas, jantar com um prato de peixe e outro de carne, espumante e passas da meia noite, fogo de artifício, buffets de ano novo, bar aberto e animação musical pela noite dentro. Uma combinação perfeita entre gastronomia e animação, com os preços a variarem entre os 50 e os 80 euros por pessoa.

Outra preferência de muitos aguiarenses foi a passagem de ano tradicional, com um jantar de família em casa e a passagem da meia noite na súcia à volta do cepo da aldeia.

 

Concelho inicia ano a cantar ao “Menino”

A igreja matriz de Pinheiro recebeu, na passada tarde de 5 de janeiro, o 10º encontro “Cantar ao Menino”, que que juntou para cantar 12 grupos corais das 10 freguesias do Concelho de Aguiar da Beira e o grupo de música Raízes da Terra. A iniciativa cultural do grupo de música aguiarense Raízes da Terra envolveu cerca de duas centenas de pessoas.

O espetáculo, com cânticos tradicionais católicos a anunciar a chegada do Salvador e do novo ano, iniciou com o grupo coral da paróquia de Sequeiros. Seguiram-se os restantes: Eirado, Souto, Gradiz, Dornelas, Aguiar da Beira, Coruche, Forninhos, Pena Verde, Carapito, Cortiçada e Pinheiro. Os Raízes da Terra encerraram o encontro.

O encontro cultural terminou com um lanche convívio entre os participantes de todas as freguesias oferecido pela Junta de Freguesia de Pinheiro.

A 11ª edição do “Cantar ao Menino” será em Sequeiros, no primeiro domingo do próximo ano.

 

Cantar dos reis em Colherinhas

Ainda se cantam os reis no concelho. Em Colherinhas, Freguesia de Dornelas, uma dezena de dez populares andou, no último dia 5, pelas casas da aldeia a tocar e a cantar os reis. Uma tradição secular portuguesa celebrada por volta do dia de Reis (6 de janeiro), que invoca a celebração da visita dos três Reis Magos para pedir esmolas e donativos. Tradição muito semelhante à “janeiras”, que usa como pretexto o ano novo.

No final da “romaria”, o grupo de amigos reuniu-se na Associação de Melhoramentos, Cultura e Desporto de Colherinhas para partilhar as ofertas, sobretudo, enchidos, num lanche convívio com os moradores.

Partilhar com...
Share on Facebook
Facebook
Email this to someone
email
Print this page
Print

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *